quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

O DIA EM QUE O MUNDO VAI ACABAR

Meus fiéis, preocupados e amedrontados leitores, eis a pergunta que está engasgada na garganta da humanidade – “quando será o fim do mundo?”. A resposta mais imediata seria “no dia em que a última criatura humana abandonar o corpo físico”.
Pensemos juntos, meus sábios seguidores, e imaginemos um mundo sem ninguém, sem vida, sem humanos, sem animais e sem vegetais. Uma Terra desértica e sem movimento.
O movimento surge aqui, de repente, como um sinônimo de vida. Tu já pensaste nisso, questionador leitor? Sem movimento não há vida, sem vida não há movimento.
Ah, meus queridos aprendizes, vós sabeis que o número 5 é o número do movimento, é ele o responsável pelas mudanças, pelos impulsos ativos e pelos conflitos, pelas crises e pelo caos.
Diz-se que o mundo nasceu da ordem, em meio ao caos. Deus teria ordenado que se fizesse a luz, a energia que geraria a matéria à medida que fosse ocorrendo a densificação dessa energia.
Percebestes atentos aprendizes que o número 5 conduz o mundo de volta ao caos, de onde ele surgiu pela imposição da ordem? A ordem, a lógica, a matéria densa, o número 4, controlou o número 5, a dispersão, a desordem, o caos, e fez surgir vida na Terra.
Se o raciocínio estiver correto, a inversão da ação levará o mundo de volta ao caos, ao nada. Se o caos foi ordenado para que houvesse vida na Terra. A ordem ao ser mudada, subvertida e desordenada, retornará ao caos, ao fim da vida.
Estamos diante de um grande conflito, meus atônitos leitores, de uma crise definitiva, a que opõe as energias do número 4 às, do número 5. Quem vencerá? A ordem ou a desordem?
No início era o Nada, o Vazio, o Caos. A voz de Deus ordenou que se fizesse a Ordem, e Ele que é o Todo fez surgir a Vida. Em linguagem numerológica, diríamos que o Poder da Tríade, expresso pelos números 1-2-3, deu uma Ordem, o número 4, que acabou com o Caos, que é o número 5, e a partir de então a Família Humana, o número 6, passou a habitar a face da Terra.
Que Poder é esse da Tríade? Nada mais nada menos do que Pai-Mãe-Filho, a Tríade Divina, o Poder Criador. Opondo a Riqueza Mental do conhecimento espiritual oculto à Riqueza Material das posses físicas, a Família Humana tem sofrido com guerras, misérias e doenças, entre o poder interior e o exterior.
A Salvação da Família Humana está no número 9, no poder exercido a favor do bem estar coletivo, na prática de servir e não ser servido, no amor ao próximo e na visão de todos os seres vivos como uma única família, a Humanidade.
Parece uma equação complexa, mas é simples. Depois de decifrado o enigma, aplicá-lo parece simples, mas não é. Estamos num mato sem cachorro, ditado antigo que logo poderá transformar-se numa triste realidade, pelo extermínio lento, mas inexorável, das espécies animais.
O mundo poderá sobreviver ao caos, para o qual caminha? O mundo poderá retornar ao caos, de onde veio? O mundo poderá atingir uma nova ordem, superior a que se estabeleceu com a superação do caos primordial? O mundo poderá prosseguir no seu avanço cósmico ou retroceder, estagnar ou simplesmente desaparecer? Questões em nossas mãos.
O número 5 está mais uma vez traçando os rumos da raça humana. Ele pede mudanças, mas para o progresso espiritual. Ele cobra movimentos, para frente e para o alto. Ele estimula atos de ousadia, mas com respeito ao direito de todos. Ele sugere riscos, sem que se exponha a integridade alheia.
Creio que os meus dedicados aprendizes nunca pararam para comparar o número 5 com uma força divina criadora e transformadora, como o alfa e o ômega, o início e o fim de tudo. Meus atentos matemáticos, o número 5 é o fiel da balança. Antes dele, a partir do líder nº 1 e até o lógico nº 4 os números projetam o sucesso material. Depois dele, desde o amoroso número 6 até o humanitário nº 9 todos falam de progressos espirituais.
O mundo depende do número 5, ainda que possa parecer estranha essa dependência, por não ser este um número que transmita idealismo espiritual. O fato de estar no ponto de equilíbrio determina um fator de domínio sobre os movimentos e as mudanças, o que lhe dá um poder de controlar as ações e reações da raça humana.
Se o movimento for construtivo, o mundo evolui. Caso contrário, as mudanças determinarão o final de uma Era, com a sensação de fim de mundo. Quem é o responsável pelos movimentos e pelas mudanças, senão a própria criatura, o beneficiário direto do progresso da raça humana!
A resposta à pergunta inicial está nas mãos de todos nós. Se provocarmos movimentos que promovam evoluções e progressos, o mundo cresce e a raça humana evolui. Se insistirmos em ações destrutivas e predadoras, o mundo, um dia, irá acabar. Quando será este dia? Isto só depende do que se fizer ou se deixar de fazer, para acelerar ou reduzir o tempo de chegada. Um dia, porém, o último deixará a Terra, e o mundo terá acabado.
Será que é isto que a humanidade está esperando, quando tanto pergunta sobre esse dia fatídico? Será que a raça humana irá permitir esse fim de mundo? E Deus, não entra nessa equação futura? Sim, entra sim. Mas, Ele só está acompanhando tudo isso, e muito de perto.
A salvação sempre virá através do número 9. Seres salvadores estão nascendo a cada momento, e são conhecidos nos meios herméticos por crianças índigo. Esses seres são os futuros Cristos, os salvadores da humanidade. Por eles, o mundo nunca terá fim.
Os mestres estão voltando para governar o planeta. O líder governante nº 11, o sábio instrutor e planejador nº 22 e o caridoso, humanitário e crístico nº 33, se reunirão, uma vez mais, e darão um novo impulso de crescimento para a humanidade terrestre.
Que a salvação chegue antes da destruição, é o que esperamos todos nós, discípulos e adeptos dos Mestres. E que cada um de nós não deixe de fazer a sua parte. Paremos de só pensar no fim, e nos dediquemos ao reinício de tudo. Assim como é em cima, é em baixo.

11 comentários:

  1. Gilberto,
    As crianças índigo e cristal estão chegando já há algumas décadas para transformar o mundo. Por esse ponto de vista, é animador pensar de uma forma mais positiva com relação ao futuro, sem excluir a responsabilidade por fazermos a nossa parte.
    Um ótimo Natal pra você, com os valores mais importantes acima dos supérfluos que estão à nossa volta!

    ResponderExcluir
  2. Agradeço, Gina, e retribuo os votos natalinos.
    Se nós dermos um sentido sagrado ao nascimento dessas crianças, o que seria uma atitude correta, elas passarão a ser vistas como Cristos, a serem festejadas a cada Natal.
    As crianças índigo e cristal são os novos Cristos, que nascem com a missão de salvar a humanidade.
    Desta vez, nada de cruz, nada de coroas de espinhos, nenhuma delas precisará sacrificar-se para a salvação da humanidade.
    Cuidemos de nossas crianças com muito amor e carinho, precisamos protegê-las da violência das forças do Mal, pois elas estão sendo atacadas a cada dia, como noticiam os órgãos de imprensa.
    Feliz Natal e um 2011 de Paz e Amor.
    Abraços.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  3. Mestre, como sempre, amo seus textos.
    No assunto particular das crianças indigo e cristal entra a problemática de grande parte delas serem consideradas hiperactivas e com deficit de atenção.
    Medicadas tornam-se robots, perdem a impulsividade, a curiosidade, a criatividade porque pais e médicos querem-nas com atenção selectiva. Só podem dar atenção à matéria da escola, tudo o resto só atrapalha! Distracções? Nem pensar!

    E que matéria de escola é essa?? Aquela que formata as crianças todas iguais. Que as inicia no mundo matérial, que as instrui a serem super competitivas e materialistas como se fosse uma questão de sobrevivência.

    As que não conseguem aguentar o ritmo e as que não atingem o sucesso pretendido, terminam em tremendas frustações, depressões, AVCs aos vinte e tal anos...

    Felizmente as personalidades 5 estão aí para contestar os conceitos. Estão atentas aos padrões enferrujados e preparam-se para protegê-las em familias 6 conscientes, em empresas 8 espiritualizadas, em sociedades 9 humanizadas, em escolas mestres iluminadas.

    Tudo com muita sensibilidade 2 e rigor 4. Juntos havemos de proteger o mundo e a humanidade. Eu acredito, por isso publico para partilhar, visando a muitos acordar.
    Que o cansaço não nos vença Mestre!
    Abraço natalicio.
    Rute

    ResponderExcluir
  4. Sábias palavras, minha aprendiz Rute, sábias palavras!
    Enquanto as antigas gerações da raça humana aceitaram o cabresto e seguem para o abatedouro sem reclamar, as novas gerações se rebelam e lutam contra a tentativa de massificá-las.
    É claro que isto está custando um alto preço para os índigos pioneiros. Eles foram e ainda estão sendo mal interpretados, sendo rotulados de problemáticos, indisciplinados, mal educados, desobedientes e tudo que possa designar a revolta deles contra os padrões vigentes.
    Muitos dos primeiros índigos não suportaram a energia predominante na Terra, e não sobreviveram. Alguns tiveram de enfrentar o autismo e outros desvios do padrão mental considerado normal, sendo envenenados com drogas pesadas que afetaram o seu sistema nervoso. Mas, com o passar do tempo, esses organismos vão adaptando-se à vida e começam a mudar os hábitos dos adultos, gerando novos paradigmas comportamentais.
    Neles, está confiada a salvação da humanidade.Sem eles, não haverá a perspectiva de futuro. Com eles,o mundo será pacificado e a ordem criadora restabelecida.
    Primeiro, os índigos, depois, os cristais, e depois, os deuses estarão de volta?
    Aguardemos.
    Abraços, Rute.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  5. AS CRIANÇAS SÃO OS NOSSOS FARÓIS;
    ELAS CHEGAM PARA NOS GUIAR!
    ME VEIO UM PENSAMENTO:
    "TODAS AS CRIATURAS DEVEM VIVENCIAR A EXPERIÊNCIA DE CONSTRUIR e CUIDAR
    DE UM JARDIM."
    TALVEZ ESTA EXPERIÊNCIA SEJA UM
    EXERCÍCIO (UMA PREPARAÇÃO) PARA SE CUIDAR DE UM NOVO SER...
    PS: este cristalzinho/índigo da foto é a personificação do farol maior: o próprio SOL !!!!!!
    Rosângela (Natal/Brasil)

    ResponderExcluir
  6. Minha querida prima:
    Cuidar de um jardim pode servir como uma metáfora para cuidar de tudo que não seja um trabalho egoísta voltado somente para si.
    Às vezes, é preciso cavar fundo a fim de trazer à superfície o melhor da terra. Outras vezes, é preciso fazer covas rasas para não sufocar a semente. Muitas vezes, deve-se regar bastante, e outras, não exagerar na rega, para não melar as plantas.
    Assim também é a vida, tudo deve ser feito com o mesmo carinho com que se cuida da terra. O mesmo se aplica a cuidar das crianças e dar a cada uma o ambiente adequado para florescer e dar frutos.
    As crianças índigo e cristal não precisam de muita interferência dos pais, basta dar-lhes espaço para que possam exercer suas funções de salvadoras da Terra.
    Um abraço, Rosângela.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  7. Olá Mestre , é isto mesmo se a humanidade não fazer algo para mudar , a própria terra vai mudar , isso é fato , mas mestre você disse que a salvação está no número 9 , minha missão é 9 tem algo haver , minha missão é ajudar a humanidade , se for fico muito gratificado , isso prova que minha alma evolui ao ponto de ter o 9 na missão ? , Bom que nos concentramos na solução e não com devaneios de informação.

    Abraços..
    JF

    ResponderExcluir
  8. Todos que têm missão 9 devem pensar mais nos outros do que em si. Se a sua missão é 9, então, trate de ir fazendo a sua parte. A humanidade agradece.
    Um abraço.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  9. O SABER LER A SI:
    (ES.12.1)
    (AP.13.18) – AQUI ESTÁ A SABEDORIA: AQUELE QUE TEM ENTENDIMENTO CALCULE O NUMERO DA BESTA, POIS É NÚMERO DE HOMEM: ORA ESSE NÚMERO É SEISCENTOS E SESSENTA E SEIS: (AR.119.9)

    (ISRAEL é o nome do Homem que sabe LER A SI no Espírito Bíblico: Aqui o saber acaba com as cogitações infundadas que existiam acerca do número 666 do Apocalipse, pois o que está escondido nas 131 letras e 10 sinais que compõem o texto acima, é isto):

    ARNALDO RIBEIRO É ISRAEL: É O HOMEM QUE NASCEU NO CÉU, QUE AMA E SABE TESTAR AS ALMAS NO SEU NOME: E ELE ENTENDE QUE CRISTO TESTA DEUSES E DIABOS NESSE MESMO ESPÍRITO. (IL.131.7)



    O SÉTIMO DIA
    (DN.4.2) Pareceu-me bem fazer conhecidos os sinais e maravilhas que Deus, o Altíssimo, tem feito para comigo,; (EF.2.7) para mostrar nos séculos vindouros a suprema riqueza da sua graça em bondade para conosco em Cristo Jesus; (1CO.15.45) pois assim está escrito:

    (GN.2.3) – E ABENÇOOU DEUS O DIA SÉTIMO, E O SANTIFICOU; PORQUE NELE DESCANSOU DE TODA A OBRA QUE, COMO CRIADOR, FIZERA: (AR.85.6)

    E o que o Senhor quer dizer com as 85 letras e 6 sinais acima é isto:

    SOU O ESPÍRITO QUE DESCEU DO CÉU, CRIANDO A SUA FÉ; E FAÇO SANTO O QUE É BATIZADO COM NOME DE ARNALDO RIBEIRO: (IL.85.6)

    (Lc.12.50 – Tenho, porém, um batismo com o qual hei de ser batizado; e quanto me angustio até que o mesmo se realize; (IS.21.16) porque assim me disse o Senhor: (1RS.18.31) Israel será o teu nome, (LS..9.6) porque ainda que algum seja consumado entre os filhos dos homens, se estiver ausente dele a tua sabedoria, será reputado como nada.(LC.4.21) Hoje se cumpriu a escritura que acabais de ouvir: (LC.6.5) O Filho do Homem é Senhor do sábado:
    E agora José? Ou melhor, Chico?...

    ResponderExcluir
  10. O SABER LER A SI:
    (ES.12.1)
    (AP.13.18) – AQUI ESTÁ A SABEDORIA: AQUELE QUE TEM ENTENDIMENTO CALCULE O NUMERO DA BESTA, POIS É NÚMERO DE HOMEM: ORA ESSE NÚMERO É SEISCENTOS E SESSENTA E SEIS: (AR.119.9)

    (ISRAEL é o nome do Homem que sabe LER A SI no Espírito Bíblico: Aqui o saber acaba com as cogitações infundadas que existiam acerca do número 666 do Apocalipse, pois o que está escondido nas 131 letras e 10 sinais que compõem o texto acima, é isto):

    ARNALDO RIBEIRO É ISRAEL: É O HOMEM QUE NASCEU NO CÉU, QUE AMA E SABE TESTAR AS ALMAS NO SEU NOME: E ELE ENTENDE QUE CRISTO TESTA DEUSES E DIABOS NESSE MESMO ESPÍRITO. (IL.131.7)



    O SÉTIMO DIA
    (DN.4.2) Pareceu-me bem fazer conhecidos os sinais e maravilhas que Deus, o Altíssimo, tem feito para comigo,; (EF.2.7) para mostrar nos séculos vindouros a suprema riqueza da sua graça em bondade para conosco em Cristo Jesus; (1CO.15.45) pois assim está escrito:

    (GN.2.3) – E ABENÇOOU DEUS O DIA SÉTIMO, E O SANTIFICOU; PORQUE NELE DESCANSOU DE TODA A OBRA QUE, COMO CRIADOR, FIZERA: (AR.85.6)

    E o que o Senhor quer dizer com as 85 letras e 6 sinais acima é isto:

    SOU O ESPÍRITO QUE DESCEU DO CÉU, CRIANDO A SUA FÉ; E FAÇO SANTO O QUE É BATIZADO COM NOME DE ARNALDO RIBEIRO: (IL.85.6)

    (Lc.12.50 – Tenho, porém, um batismo com o qual hei de ser batizado; e quanto me angustio até que o mesmo se realize; (IS.21.16) porque assim me disse o Senhor: (1RS.18.31) Israel será o teu nome, (LS..9.6) porque ainda que algum seja consumado entre os filhos dos homens, se estiver ausente dele a tua sabedoria, será reputado como nada.(LC.4.21) Hoje se cumpriu a escritura que acabais de ouvir: (LC.6.5) O Filho do Homem é Senhor do sábado:
    E agora José? Ou melhor, Chico?...

    ResponderExcluir
  11. Meu leitor, Arnaldo:
    Agradeço por haver usado este meu espaço para defender suas teses.
    Eu respeito as crenças de todos, e faço deste espaço uma tribuna aberta às mais variadas opiniões.
    Espero que, da mesma forma, respeite as minhas e as dos demais leitores.
    Um forte abraço.
    Gilberto.

    ResponderExcluir