sábado, 1 de janeiro de 2011

ANDROGINIA - A MÍSTICA SEXUALIDADE DA NOVA ERA



Meus pudicos leitores, eis-nos diante de um tema que pode deixar-vos constrangidos, mas não há como escapar dele, pois ele está na mídia, e por causa dele estamos convivendo com opiniões e posturas inteiramente afastadas do bom senso e da razão.

Vivemos num mundo polarizado, e as ciências ocultas afirmam que todo o Universo é regido pela bipolarização. Segundo os ensinamentos cabalísticos, “tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o gênero se manifesta em todos os planos”. De acordo com o Princípio de Gênero, um dos Sete Princípios Herméticos, todas as coisas e pessoas contêm em si os dois Elementos, o Masculino e o Feminino, e a tradicional filosofia oriental identifica em tudo as energias yin e yang.

Os machos também contêm o Elemento Feminino e as fêmeas, o Elemento Masculino. Essas presenças polarizantes, ocorrem não somente no Plano Físico, mas também nos Planos Mental e Espiritual, e são responsáveis pela “geração” no Plano Físico; “regeneração” no Plano Mental e “criação” no Plano Espiritual.

Percebestes que acabo de despertar em vós, meus atentos leitores, uma centelha de maldade e um sentimento que distorce e vulgariza tudo que se refere ao comportamento sexual? A vossa mente, e somente ela, é a responsável por conspurcar esses conceitos sagrados, que não explicam e nem justificam a luxúria, a depravação e a perversão dos princípios da Natureza. O homem rejeita o seu feminino, como uma presença ofensiva à sua condição de macho. E isso deturpa e degrada a sua condição espiritual, e dá espaço a suposições maldosas.

Na Numerologia da Alma, o masculino é o número 1 e o feminino, o número 2. A estrutura numerológica ideal é aquela que contém não um ou outro número, mas todos eles, numa convivência harmônica perfeita, tanto no nome como na data de nascimento. As presenças em convívio íntimo, dos números ímpares, os masculinos, com os pares, os femininos, devem ser vistas como reuniões saudáveis e favoráveis ao perfeito equilíbrio humano.

No ato da reencarnação, uma alma ganha um corpo físico, que poderá ser do mesmo sexo da sua última vida, ou não. Essa transição de um sexo para outro, de uma encarnação para outra, não deveria criar embaraços à personalidade, ainda que exija dela uma adequação mais rigorosa do que se a encarnação seguinte vier a ser com o mesmo sexo. As mudanças de sexo entre umas encarnações e outras têm a finalidade de proporcionar às almas experiências em ambas as polaridades, favorecendo o processo de evolução da alma.

Algumas almas se prendem muito a um determinado sexo, e acabam tendo dificuldades para assumir um sexo diferente, na encarnação seguinte. Às vezes, elas vêm encarnando por duas, três ou mais vidas sempre com o mesmo sexo, e custam a se adaptar ou relutam a aceitar o novo sexo.

Tudo está em permanente vibração neste Universo, tudo é energia, mais sutil ou mais densa, porém energia pura. O corpo físico é uma massa de energia densa, identificado por um sexo, que será assumido por uma determinada personalidade, na qual a alma estará encarnada, para adquirir novos conhecimentos.

A presença de energias conflitantes masculinas e femininas poderá confundir a mente que governa o corpo físico, mas não deveria fazê-lo de forma tal que desviasse o rumo da missão e mudasse o projeto espiritual para a evolução da alma. Se isso acontecer, deve-se atribuir a desvios e fraquezas, resultantes do processo de desenvolvimento e amadurecimento da personalidade.

Uma personalidade masculina poderá intimidar-se, diante de uma missão que a exponha a situações de riscos que não estava acostumada em vidas passadas, quando encarnou como mulher. E, em tal situação, refugiar-se no passado e assumir um comportamento feminino. O mesmo poderá ocorrer, numa situação inversa, de uma personalidade feminina que se refugie num perfil masculino.

Essas reações de conflito sexual não são motivos determinantes para posturas homossexuais, que provoquem uma atração erótica e um desejo de relação física com parceiros do mesmo sexo. Existem sentimentos de amor homossexual que não predispõem a relações sexuais, como entre mãe e filha, pai e filho e entre irmãos.

De acordo com as revelações dos mistérios contidos na literatura esotérica, a humanidade caminha para a androginia que, segundo o psicólogo Carl Jung, seria uma integração dos pares de opostos, o masculino e o feminino, animus e anima, numa única pessoa.

Os andróginos podem ter características físicas e comportamentais de ambos os sexos, tornando difícil definir-lhes o sexo somente pela aparência. Muitos atribuem a eles a homossexualidade, o que não está correto, pois a androginia é um caráter comportamental e psicológico, jamais uma tendência homossexual.

A androginia, portanto, é uma condição psíquica, em que o homem ou a mulher não se identifica nem com um nem com outro sexo, e age como se fosse mentalmente híbrido, o que se reflete na sua maneira de se comportar. Os andróginos possuem, por sua própria natureza, aptidões artísticas e inspirada criatividade, especialmente no campo musical. E costumam apresentar Q.I. muito elevado e profunda percepção do meio onde vivem.

Acredito que já deveis estar encontrando muitas semelhanças entre os andróginos e os homossexuais, não é, meus questionadores leitores? Não vos contradigo, nem vos apoio, apenas vos peço um pouco menos de emoção, para a vossa conclusão.


De emoção barata a sociedade já está cansada, pela forma como o assunto é conduzido por todos os noticiários em análises superficiais e grotescas, em que se misturam as tendências homossexuais, as andróginas e as popularescas do movimento gay, enfiando tudo num só e verdadeiro saco de gatos.

Confesso-vos, meus ingênuos leitores, que não estou aturando a imprensa sensacionalista que tomou conta do noticiário neste país. As notícias deformam, não informam. Os jornalistas, quase todos muito jovens, são de uma estupidez cruel. Eles nada sabem, escrevem mal, dizem bobagens e obedecem quase rastejando as ordens do editor.

A mídia adora escândalo, e hoje em dia o exibicionismo gay e a pedofilia são as notícias mais exploradas pelos noticiários. Não há consistência investigativa, não há substância analítica, pensando bem, não há nada que preste, somente o desejo de chocar.

Eu estou cobrando respeito às pessoas que pensam e sentem de forma diferente. O homossexual, aquele ser que convive com seus conflitos existenciais, merece mais respeito e não pode ser confundido com os escandalosos gays, que saem pintados e fantasiados, num exibicionismo ridículo.

O homossexual é uma criatura sensível, não importando se homem ou mulher. Ele não sente a mesma atração física das pessoas do mesmo sexo, mas o amor é o mesmo. Ele sabe que a sua preferência contraria o seu corpo físico, mas que os seus valores espirituais devem prevalecer pois há uma missão a cumprir.

Muitos dos chamados homossexuais são pessoas equilibradas, sensíveis, criativas e muito perceptivas, aproximando-se dos seres andróginos, e, quem sabe, sendo um deles, sem se darem conta disso. A sua maneira diferente de procurar o prazer físico, através da arte, da cultura e da valorização do bom e do belo, os tornam muitas vezes inibidos e marginalizados na sociedade, provocando-lhes fugas e depressões. Confundir esses seres de tendências sensíveis com os chamados gays é como misturar alhos com bugalhos.

Quando o nº 1 e o nº 2 se confundem em suas identidades, e se deixam atrair por ações do nº 3, a busca do prazer, e do nº 5, aventuras, paixões e vícios, o que seria um mero conflito de personalidade pode tornar-se um triste passo para a decadência moral.

Creiam-me, amáveis leitores, os verdadeiros homossexuais estão muito mais próximos dos futuros seres andróginos do que a maioria dos heterossexuais. Enquanto, se resguardam em suas vidas interiorizadas, como um nº 7, intelectuais, sensitivos e solitários, muitos deles andróginos, mas rotulados como homossexuais, e verdadeiramente discriminados na sociedade, eles levam uma vida contida, equilibrada e discreta. Desses, a mídia não se ocupa, pois não dão notícia porque não provocam escândalos.

Garanto-vos, fiéis leitores, ser homo e não heterossexual, muitas vezes, é uma questão de inadaptação da personalidade, diante da seqüência de encarnações com um sexo diferente daquele com que veio a encarnar. Isto, porém, mais se aproxima de uma futura evolução da humanidade, em busca do ser andrógino, do que dá motivos a graças e trejeitos de grupos que se dizem perseguidos.

Da mesma forma que não teria nenhum sentido patrocinar movimentos machistas ou feministas, também é algo descabido promover desfiles e paradas gays. A mídia adora escândalo, e mais ainda quando pode dar a impressão de estar lutando pelos direitos de minorias.

Os andróginos são os futuros seres que irão predominar na humanidade, não importando se nascendo homens ou mulheres. Se tiverem corpos físicos masculinos serão homens com sentimentos, percepções e emoções femininas. Se encarnarem com corpos femininos serão mulheres seguras, firmese líderes no meio em que vivem, sem perderem a postura e a graça feminina. Eles serão designados pelo número 9, por serem altruístas, conscientes, caridosos e humanitários; firmes e sensíveis; líderes e pacíficos.

O processo gay é uma fase de transição, época de conflitos entre um extremo e outro. De um lado a heterossexualidade radical de outro a homossexualidade transitória. O ser andrógino é o futuro pacificador e mediador desse conflito, o que atingirá o equilíbrio perfeito entre o masculino e o feminino.

Está na hora de deixar de lado a hipocrisia e cada um assumir os seus acertos e desacertos, e principalmente os seus karmas de outras vidas.

Fingir-se de bonzinho e ter pena de quem é diferente, dá uma sensação de generosidade e heroísmo. Mas, a verdade é outra, caro leitor, não é o que está estampado na internet ou mostrado na telinha global.

A Terra está imersa num intenso processo de transformação, afetando toda a raça humana, e a sexualidade não irá permanecer isenta a essas mudanças. No entanto, os exageros só interessam aos que manipulam as notícias e que fazem dos escândalos suas fontes de lucros. Todos nós temos o yin e yang em nossos corpos, mas almas não têm sexo. E o ato de viver é uma eterna busca de satisfazer os ideais da alma. O resto é fantasia, mera fantasia, e colorida demais.











28 comentários:

  1. Boa tarde e um bom ano 2011, caro Gilberto!

    Que post tão ousado e futurista, estou agradavelmente surpreendida consigo. Foi resultado do champagne do réveillon? ahahah

    Agora fora de brincadeiras, não tenho como discordar de si. Talvez esteja certo.
    Eu ainda sou dos espécimes mais primitivos, os hetero. ahahah
    Mas consigo compreender totalmente outras formas de amar. Parece-me que são cada vez mais, por isso, talvez a sua teoria de que a humanidade caminha para a androginia não seja nada descabida.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Ah, minha cara Hazel, há muitos e tantos mistérios entre o céu e a terra que não há filosofia que os desvende, sem surpresas e exclamações!
    Como eu não bebo álcool, a hipótese do champagne está eliminada. Como também sou hétero convicto, outra qualquer suspeita fica desprezada.
    A teoria não é minha, está na Doutrina Secreta, que afirma serem os anjos seres andróginos, e que a humanidade foi criada andrógina antes de se dividir sexualmente.
    Observa o mito da criação. Antes era Adão, o andrógino, que muito solitário pediu ao Criador uma companhia. E dele saiu Eva, a polaridade oposta, que com ele iria gerar filhos.
    Caminhamos, queiramos ou não, de volta para essa união dos dois sexos dentro de cada um de nós. Na verdade, já os temos, talvez mal administrados. Não seremos hermafroditas, manteremos a nossa sexualidade polarizada, porém bem equilibrada.
    Nem machismo, nem feminismo, nem gayismo. A sensibilidade no homem se integrando à força na mulher, e gerando um ser perfeito e sem extremismos.

    Até lá, teremos de aturar toda sorte de distorções, exageros e exibicionismos.
    Não se trata de preferência, Hazel, é o processo de evolução cósmica. Queiramos nós, ou não.

    Um ótimo 2011, e sempre atenta aos sinais, que são as formas como a Divindade fala com a gente.
    Um abraço para toda a família.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  3. ANDRÓGINA,
    VIVENDO NA AURORA DA ERA DE AQUÁRIO, ENCONTRO A PAZ NO AMOR ESPIRITUAL:
    POR ELES e POR ELAS...
    **********************
    Amei ler esta postagem:
    me trouxe muita LUZ e muita PAZ!
    Parabéns pelo belo trabalho instrutivo!

    ResponderExcluir
  4. Que bom, Rosângela!
    Às vezes, é preciso uma certa coragem para abordar certos temas polêmicos. Mas, a numerologia me dá os subsídios para que haja clareza e bom senso em todas as análises.
    Procuro, na medida do possível, evitar opiniões pessoais e quando as dou me coloco aberto às críticas.
    A futura sexualidade da humanidade passará pela androginia, razão de todas essas crises existenciais relacionadas ao mau uso do sexo.
    As mudanças são todas regidas por energias do nº 5, que também são responsáveis por exageros e fugas, que levam a vícios e escândalos.
    Antes da ordem, o caos. Se há caos haverá ordem. É apenas uma questão de tempo. E independe de leis e de governos.
    Tolos são os que não percebem que há uma Vontade Superior regendo a vida e a morte, a morte e a reencarnação. Quem se preocupa à toa, morre antes da hora, ou adoece e sofre a vida inteira.
    Grato por sua prazerosa visita.
    Beijos e abraços para toda a família.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  5. Oi Gilberto
    nosso chefe da Teia Ambiental

    Eu fiquei muitíssimo satisfeita em ler seu parecer/estudo sobre homossexualismo.
    É o que mais se aproxima com o que eu acredito.

    Também concordo q não deva haver machismo ou feminismo, bem como manifestações de minoria, mas acredito que com a mentalidade da maioria hoje em dia, essas manifestações acabam sendo essenciais ou os direitos são massacrados, sem a atenção de ninguém.

    O mundo perfeito é diferente do mundo que temos.
    E felizmente, vendo depoimentos como o seu, eu vejo que as mentalidades estão mudando e reforço ainda mais a minha fé no ser humano.

    Adorei participar da Teia Ambiental em 2010 (participei de todos desde agosto!). Estou esperando os temas de 2011.

    Beijinhos green

    ResponderExcluir
  6. A verdade não pede licença, Rute.
    Ela simplesmente acontece.
    Essa questão da androginia é um fato relatado na literatura esotérica, e não há muito a se discutir, ou se aceita ou não.
    No meu estudo, eu entendo que se vive um tempo de transição, que está mexendo com a cabeça de todo mundo.
    A questão sexual é uma loucura que está deixando a sociedade fora dos eixos. Há exageros de todas as partes envolvidas, mas o caminho do meio sempre será o melhor.

    A Teia terá temas livres durante 2011, com cada um tocando num assunto que tenha despertado a sua atenção no mês anterior. Todo dia 7, estaremos tecendo a nova teia de 2011. Aguardo a participação de todos os conspiradores ambientais de 2010.

    Abraços.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  7. Ops

    corrigindo o comentário acima, eu participo da Teia desde Outubro/2010, mas neste ano eu perdi o tema do dia 7/janeiro.

    Como o tema é livre e verde, acho que meu blog sempre estará dentro do tema, rsrs.. mas hei de caprichar melhor em fevereiro!

    Saudações verdes

    ResponderExcluir
  8. Vou dar uma sugestão, Renata.
    A minha amiga portuguesa, a Rute, toda vez que perde o dia 7, posta a Teia num dia cuja soma dá 7. Por exemplo, o dia 16 ou o dia 25.
    Não é uma boa idéia?
    Saudações verdes.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  9. Boa!!!
    Dia 16 passa lá, mestre.

    Eco-saudações!

    ResponderExcluir
  10. Aguarde-me, Renata.
    Abraços ecológicos.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  11. Olá Gilberto.

    Excelente postagem.
    O que falta é Conhecimento para todos e muita informação.
    Como nosso grande Mestre disse: "A Verdade vos libertará"...

    Parabéns pelo post.

    Muita Luz e Paz em seu coração!

    ResponderExcluir
  12. Grato pela visita, Lu, e por suas gentis palavras.
    Ah, Lu, as almas das pessoas estão fora de sintonia com o Espírito!
    A humanidade exagera em tudo que faz, e discrimina todos que sejam diferentes.
    O processo de expansão do nível de consciência está acontecendo, mas é lento e ainda irá demorar a se fazer notar. Mas, tempos virão em que as pessoas irão entender e aceitar os que pensam e sentem de modo diferente.
    Paciência, muita paciência!
    Abraços.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  13. Ah, estimado Mestre!

    Contanto também com o que disse da mídia e imprensa (adorei!) fico encantada da forma como escreve, principalmente em se tratando desse assunto que realmente concordo !

    Gostei da resposta que deste a estimada Hazel. É um amor livre, puro, quem não vê (realmente) "cara"...talvez...sinta a alma. (dele e do próximo).

    Mas algumas "sujeiras" de alguns...acaba respingando em outros...paga por isto um "todo"...nada comum ao que dizem!

    ResponderExcluir
  14. Pois é, minha querida Selena, os exageros de uns exibicionistas acabam por vulgarizar sentimentos sinceros que precisam ser respeitados.
    No entanto, há grande diferença entre respeitar os sentimentos e aprovar as concessões que estão sendo feitas, em nome da abertura sexual, como dizia minha filha na sua adolescência,"liberou geral".
    Acho, espiritual e esotericamente falando, que casal é a união de homem e mulher. O casal é aquele par que gera filhos, que através da união de esperma e óvulo, de sua propriedade, engravida a fêmea e dá origem a um filho.
    Esotérica e psicologicamente falando, não estou de acordo com duas pessoas do mesmo sexo gerando filhos por métodos artificiais e educando-os como se fossem um casal. Mas, respeito os que querem morar juntos, e vivem suas vidas reservadas, como os hétero também devem levar.

    O tema é muito complexo e delicado, mas decidi tocar no assunto, para dar um enfoque espiritual a esta questão.
    E pelo jeito consegui me fazer compreendido.

    Um abraço.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  15. Ah estimado Mestre:quando comecei a ler este post já ví seria polêmico, mas não se trata de "PRÉ - CONCEITO" de sua parte, pois bem sei.

    Suas opiniões não são infundadas, descabidas...são frutos de estudos, do conhecimento...de novo livrinho que estou lendo...

    Mestre, grata sempre pelas palavras (não me esqueci das indicações dos títulos que me passou...mas preciso antes de tudo, organização de algo que creio, maluco...que é o tempo terrestre! hihi)

    Pretendo atualizar minhas visitas e poder ler mais por aqui...e sempre muito bom!


    Bênçãos dos Deuses.

    ResponderExcluir
  16. Minha cara, Selena:
    Leia sim, leia bastante, não se prenda a uma só linha de pensamento, mas tire sempre as suas próprias conclusões.
    Volte aqui com novas idéias e elas serão respeitadas e valorizadas.
    Um abraço.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  17. Olá Mestre , Bom enquanto aos seres androginos , isso faz parte da evolução , os androginos apresentam um grande grau de evolução pois tanto tem características femininas tanto masculinas , por isso eles são mais evoluídos que muitos que se prendem a um dos sexos , bom , a Verdade é que esta sociedade critica diversas coisas que fere os padrões , que fere a ética terraquia , que é muito furada e preconceituosa , bom mestre , tenho um amigo que ele é bissexual , isso pode ser um sinal de androginia ? , ah vc disse que os androginos são assexuados não preferem nem um nem outro , apenas são celibatários , como um 7 , Queria conhecer um destes seres , vai ver já conheço.

    Abraços..
    JF

    ResponderExcluir
  18. É isso mesmo, Fabrício, se há tendências para um ou outro sexo, ou para ambos, não se trata de androginia.
    O andrógino tem aspectos angelicais, por isso se ironiza tanto a discussão sobre o sexo dos anjos.
    Um abraço.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  19. mestre qual é o signifcado dos eclipses? ,ocorreu um ontem total da lua com insidencia de raios infravermelhos que fez a penumbra da lua ficar vermelha(deu pra ver aki)!?

    abraços..
    JF

    ResponderExcluir
  20. Mestre não sei porque mas acho que convivuo com estes seres sem saber , vai ver eu sou um deles e não sei, mas enquanto a resposta não vem não vou bater mais nesta tecla, eu vejo varias pessoas que tem caracteristicas androginas , eu vejo e sinto a beleza destas pessoas que muita das vezes são influenciadas pelo o 7 e cultuam a solidão, eu tambem não gosto muito de homossexuais que se pitam e causa escandalos estas pessoas não são homossexuais e sim deturpações criadas pelo sistema, homossexual é aquele ser sensivel que mesmo em um corpo masculino ou feminino tem poucos comportamentos do sexo aposto, vendo eles até se confudem com comportamentos androginos, mas eles só são uma consequência, o mundo de hoje “finge” que os aceitam mas na verdade estão os afastando mais da sociedade com suas falsas promoções, pessoas dizem não ter preconceito, mas suas mentes estão afetadas por isso.

    Abraços..
    JF

    ResponderExcluir
  21. Boa reflexão, Fabrício!
    E para vc, qual o simbolismo do eclipse?
    Simbolismo, pode não parecer, mas é muito pessoal.
    Pense mais, e pergunte um pouco menos.
    Um abraço.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  22. mestre , não sei mas acho que o eclipse representa mudanças , já ocorreu dois este ano , acho que o eclipse pode significar algo que está por fim ou um aviso antes de acontecer algo.

    abraços..
    JF

    ResponderExcluir
  23. Assim é, se lhe parece, Fabrício.
    Perceba que, sendo ou não verdade aquilo que pensa, a vida continua. O que pensa ou deixa de pensar tem um enorme valor para si, mas pode não representar nada para a maioria das pessoas.
    Por isso, não importa o que eu penso ou o que os outros crêem, mas somente o que julga ser.

    Abraços.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  24. Adorei o texto que criaste me pareceu totalmente verdadeiro e de um estremo bom gosto.Nota-se que o senhor escreve com a alma e isso é admirável.As informações e opiniões que o senhor expressou de certa forma me foram muito proveitosas,obrigada.
    Talvez meus elogios não tenham grande valor pois tenho apenas 15 anos mas mesmo assim gostaria de disser que sua forma de escrever é fascinante parabens.

    ResponderExcluir
  25. Grato por suas palavras, Karoline.
    Elas têm para mim mais valor, exatamente pela sua idade.
    As pessoas mais idosas perderam tempo na vida, atravessaram os anos e se perderam.
    Os jovens serão os salvadores da humanidade.
    A consciência divina está nas crianças que estão nascendo, e não nos fanáticos religiosos que se julgam os julgadores do mundo.
    O fim do mundo tão anunciado é o fim de uma era que foi desperdiçada por gerações fanatizadas por crenças e medos.
    A geração do futuro será livre e respeitará o direito de liberdade. Escolherá o seu caminho, sem medo de pecados ou punições.
    Um abraço carinhoso.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  26. Muito bom este texto,e voce esta corretissimo:A humanidade do futuro é Androgina(ANJOS,ETEREOS,QUINTA DIMENSÃO).E Esta mesma criou a nossa de hje.

    ResponderExcluir
  27. Eu gostei muito do seu texto, mas não sei se o li muito rápido para concluir que você não é a favor do relacionamento homossexual, ou seja, do ato sexual em si entre pessoas do mesmo sexo. Se realmente você não for a favor, ou seja, não concordar que dois homens, por exemplo, possam se beijar na boca, etc., então fica meio estranho seu texto. Fica parcial. Ora, se os heterossexuais podem expressar e vivenciar sua sexualidade física, por que os homossexuais não podem? É pecado? É antinatural? Não está certo? É ofensivo a Deus? O homossexual tem que carregar a cruz da abstinência sexual? Se ele se relacionar sexualmente, ele não está evoluindo? Sexo só com procriação? Mas sexo não é só procriação, é prazer também. Não dá para entender.

    ResponderExcluir
  28. Meus caros Anônimo:
    Não tive a intenção de julgar, mas de expor a visão aceita nos Planos Espirituais.
    Essa visão deve nos levar a refletir sobre o nosso modo de pensar. A visão esotérica de que a homossexualidade seja uma ação contrária à natureza não implica em condenação ou castigo, mas de uma inadaptação do ego encarnado ao sexo que foi induzido a assumir antes de reencarnar.
    A nossa presença no mundo não tem o objetivo de ofertar prazer ou de fazer sofrer. Tudo não passa de experiências para a evolução da alma.
    Se uma pessoa julga que mantendo a relação homossexual ela está ajudando na evolução da sua alma, então se trata de uma questão de consciência de cada um.
    A sexualidade é uma extensão da espiritualidade, e como tal não pode servir, como é corriqueiro no mundo de hoje, para botar pra fora frustrações, desejos e busca do prazer.
    Em suma, a minha intenção não foi defender ou condenar o homossexualismo, mas expor a questão sob a visão da doutrina secreta e dos Mestres Espirituais.
    Do que interessa para os leitores o que julgo bom ou mau, se não passa de opinião pessoal minha?
    Que cada um, após a leitura do texto, reflita sobre o que julgar certo ou errado. Esta foi a minha intenção.
    Pelas considerações que li, uma das opiniões é a favor.
    Defenda a sua posição, não para os outros, mas para si, no fundo da sua consciência. Leia bastante sobre o que seja a androginia, o famoso sexo dos anjos e a sexualidade do mundo do futuro, e tire suas conclusões.
    Assim é se lhe parece.

    Abraços.
    Gilberto.

    ResponderExcluir