quinta-feira, 10 de julho de 2014

AS ESQUISITICES DE QUEM NASCE NUM DIA 7

Meus queridos leitores, o acesso a esta postagem já superou todas as expectativas, por isto, estou reprisando-a pela segunda vez. Originalmente, ela foi postada em setembro de 2008. Em 19 de janeiro de 2010, eu fiz a reprise da postagem. Portanto, quem ainda não leu, leia e não deixe de comentar. Quem já leu, releia, e tente lembrar-se de alguém que conheça e que nasceu num dia 7, para fazer as devidas comparações. Então, vamos lá.

As esquisitices de quem nasce num dia 7

Esta é uma paisagem que cativa e penetra na alma dos que cultivam os talentos do nº 7.
A neblina induz ao mistério e a floresta convida para uma incursão ao desconhecido.
Introspectivo e silencioso, ele é o caminhante peregrino, que segue sozinho, lentamente, sem se dar c
onta de onde veio e para onde vai.
A beleza para ele não está na forma com que se defronta, mas com a essência que se mantém fora da sua visão física, e nem por isso distante do campo visual da sua alma.
Ele julga a todos por um padrão rígido e muito elevado, do qual poucos escapam ilesos, condenados pelos mais simples e ingênuos deslizes. E, quase sempre, é ele mesmo o primeiro a sofrer co
m esse rigor, não se perdoando por suas falhas e desvios, que não são desculpáveis, segundo suas auto-críticas.Calada e pensativa, a moça que nasce num dia 7 fica meditando e projetando seus pensamentos no céu, imaginando o que existe além do horizonte.
Ela e todos que comemoram o aniversário nesse dia precisam encontrar respostas para seus questionamentos e não aceitam verdades sem antes pesquisarem todas as possibilidades. Essas criaturas introspectivas e pensadoras vivem em busca das imagens perfeitas que se desenham em suas mentes, as quais insistem em definir e materializar.
Elas parecem tristes e desligadas do mundo ao seu redor, mas enganam-se aqueles que pensam que essas pessoas não ligam para nada e só se preocupam com assuntos esquisitos, coisas que ninguém entende bem para que servem e que importância têm.

Os nascidos num dia 7 possuem talentos extraordinários no campo mental e espiritual, e são capazes de pô-los em prática de uma forma tão estranha que serão considerados por muitos como visionários, loucos ou feiticeiros. E, talvez, até sejam mesmo um pouco de cada, quando se mostram distantes e alheios a tudo que o mundo moderno tanto valoriza. Bem aventurados loucos, que valorizam o que os outros desprezam, e fazem pouco caso das riquezas perseguidas e ambicionadas pelos lúcidos gananciosos.
Nascer num dia 7 é dispor de poderes psíquicos e mediúnicos, é advinhar as coisas que estão por vir, é perseguir a solução perfeita para todas as causas imperfeitas, é negar o óbvio e crer no insólito, no inexplicável e no improvável.

Com o olhar fixo num mundo que ninguém vê, ele consulta a sua bola de cristal, que é a projeção na matéria da sua mente que tudo vê e que para tudo tem resposta e explicação.
Essas pessoas não aceitam os erros, nem os remendos, para elas tudo deve ser correto e perfeito, nem mais, nem menos. Elas acreditam em coisas que não podem ser comprovadas fisicamente, e que para muitos são loucuras e esquisitices. Mas, quem foi que disse que esses talentosos setenários se preocupam com o que os outros pensam ou deixam de pensar.
Eles se põem a caminho da verdade, como peregrinos crédulos e visionários, à procura das suas origens e dos seus destinos sagrados.
O convívio com esses talentosos e poderosos magos não é uma tarefa simples, já que eles não enxergam o mundo com a ótica predominante, pois têm sempre uma versão profunda e instigante para cada fato, por mais simples e corriqueiro.
Eles não são, em sua maioria, religiosos e devotos, mas possuem uma forte crença no poder espiritual de suas mentes, que utilizam para realizar curas e materializ
ar desejos.
O casamento não é uma aptidão dos que chegaram ao mundo num dia 7, mas, muitos deles, se dão muito bem em suas vidas de casado, quando encontram parceiros que entendem e respeitam os seus momentos de contemplação e solidão. Nesses momentos, o que eles mais precisam é de silêncio e compreensão, enquanto mergulham dentro de si mesmos e se deleitam com o prazer de comungar com o seu aspecto divino, que com eles conversa e ouv
e suas confissões.
A natureza é uma eterna e amorosa amante desses que são influenciados pelo nº 7, e recebe como retribuição dos seus encantos, uma adoração absoluta e uma incontida e irrefreável defesa e proteção. Eles são reconhecidos por sua condição de ambientalistas e confirmam essa lenda agindo em defesa das florestas, rios e espécies animais, sendo capazes de ir a extremos para impedir a derrubada de uma árvore ou a caça a um animal silv
estre.
Estranhos, muito estranhos, esses filhos do dia 7. Pensam mais do que falam, e agem fora dos padrões, como se não fossem deste mundo. Entendê-los é um desafio, satisfazê-los, quase impossível, admirá-los, uma questão de bom senso.
Intelectuais, místicos, proféticos, perfeccionistas, solitários, sábios e espiritualizados, eles não nasceram para serem compreendidos e rotulados. O mundo deles está muito distante de tudo que rola à nossa volta, pois vivem ensimesmados, vendo o que ninguém vê, ouvindo vozes dentro da mente e falando um idioma estranho, muito estranho mesmo.

Ame-os ou deixe-os, mas nunca tente mudá-los, pois eles sabem muito bem o que querem.

12 comentários:

  1. Um leitor Anônimo disse:
    Oi eu nasci no dia 07/07/1999 e me identifico muito com o texto que vc escreveu e eu tenho muita curiosidade de saber qual é a minha missão e saber mais a respeito disso... em As esquisitices de quem nasce num dia 7

    ResponderExcluir
  2. Meu caro leitor que não se identificou:
    Para saber mais teria que possuir o estudo completo do seu mapa, e isto tem custo e uma fila de espera.
    Se quiser, pode me escrever confirmando o interesse.
    Anote o email:
    www.gilbertodacunhagoncalves@gmail.com

    Abraço.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  3. Adorei. Incriverl como me descreveu. Nasci em janeiro, teria como fazer uma analise melhor da minha personalidade? Simplesmente me encantei :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida leitora, Scarlett:
      Para saber mais eu teria que elaborar o estudo completo do seu mapa, e isto tem custo e uma fila de espera.
      Se quiser, pode me escrever confirmando o interesse.
      Anote o email:
      www.gilbertodacunhagoncalves@gmail.com
      Abraço.
      Gilberto.

      Excluir
  4. Patricia Sousa escreveu:

    Oi nasci no dia 07/09 me identifiquei bastante com o texto.

    ResponderExcluir
  5. Agradeço o comentário, Patrícia.
    Abraço.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  6. Samanta escreveu:
    Olá Gilberto Meu nome é Samanta. Assim como muitos também me identifiquei com o que escreveste.Obrigada por compartilhar teu conhecimento

    ResponderExcluir
  7. Agradeço, Samanta, por compartilhar a sua identificação ao texto.
    Isto é muito importante para todos que, tendo nascido nesse dia, se sentem identificados com a análise que foi feita.
    Abraço.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  8. Nasci no dia 07/11/1980 em São Paulo capital as 20:30 hs. Parece que nasci pra carregar muito mais peso do que estou conseguindo suportar. Não sei o que fazer da vida. Estou desempregada, vivo numa família desestruturada onde cada um age por si, sem se importar com o conceito família. Minha mãe é hipocondríaca e vive passando mal pela quantidade de remédios que toma. Meu pai está aposentado e vive dizendo que quer morrer. Não faz nada da vida e fuma o tempo todo. Minhas irmãs só se importam com o bem estar delas. Cada uma fica na sua casa, isoladas dos problemas com o pai e mãe, e quando "percebem" um problema, oferecem um dinheiro pra "ajudar". Fora isso tem muito mais coisa. Minha auto estima não existe mais, sinto que nasci no tempo errado. Desculpa mas precisava desabafar. Obrigada por ler!

    ResponderExcluir
  9. Minha cara leitora:
    Como eu escrevi no texto, os nascidos em dia 7 são diferentes.
    Muitos os consideram esquisitos, mas são os outros que deviam ser chamados assim.
    O mundo está louco, as pessoas perderam o bom senso, e vc por ser diferente é que está certa.
    É claro que tem seus karmas a vencer, mas a sua busca é de perfeição.
    Procure não ficar julgando os outros, pois não vai conseguir mudar ninguém.
    Tente levar a sua vida criando seus próprios conceitos de vida, sem tentar impô-los aos demais.
    Se a sua família não pensa como vc, o que pode fazer? Nada!
    Tente programar a sua vida, em função dos seus princípios de perfeição.
    Quem quiser que a siga, ninguém é obrigado. Mas, exija que respeitem a sua maneira de pensar.
    O seu desabafo foi perfeitamente compreensível. Existem momentos que é preciso pôr para fora o que se sente.
    Relaxe, e confie bastante em si mesma.
    Abraço.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Deborah:
    Somente o nome e a data de nascimento revelam tudo sobre as pessoas.
    A simples análise do dia de nascimento não é o suficiente para identificar um perfil completo.
    As características descritas no texto são encontradas em praticamente todos que nasceram num dia 7. Mas, existem diferenças entre eles, que somente são reveladas com a análise completa do mapa.
    Para adicionar algo mais, como me pede, só fazendo a análise completa do mapa. E isto demanda custo e tempo.
    Abraço.
    Gilberto.

    ResponderExcluir